Diminuir texto Ampliar texto

A fidelidade traz honra

por Janaína Depiné
 
2 de janeiro de 2018
 

Costumamos associar a fidelidade ao casamento, a alguém que não trai o cônjuge. Isso é certo, claro. Porém essa palavra vai além. Fidelidade é uma característica de quem é fiel em todas as áreas, de quem tem compromisso com aquilo que assume. É algo visto em alguém confiável e verdadeiro.

Ana, esposa de Elcana, era assim. Amada por seu esposo ela sofria perseguição da rival Penina por ser estéril. A Bíblia diz que ela não podia ter filhos por vontade de Deus. “Mas a Ana (Elcana) dava uma porção dupla, porque a amava, mesmo que o Senhor a houvesse deixado estéril.” 1 Samuel 1:5

Ou seja, Deus havia permitido que ela não gerasse uma criança numa época em que isso era algo extremamente importante para a honra de uma mulher e, obviamente, a descendência de seu esposo.

Ana sofria, chorava e não comia tamanho sofrimento e provocações que passava. Mas não vemos essa mulher blasfemar ou se voltar contra Deus. Ao contrário ela se derrama aos pés dele.

“Ó Senhor dos Exércitos, se tu deres atenção à humilhação de tua serva, te lembrares de mim e não te esqueceres de tua serva, mas lhe deres um filho, então eu o dedicarei ao Senhor por todos os dias de sua vida, e o seu cabelo e a sua barba nunca serão cortados” – 1 Samuel 1:11

A oração sincera de Ana é colhida por Deus. Ela gera Samuel e depois de desmamá-lo, leva o menino, ainda pequeno, ao profeta Eli, onde serviria a Deus.

Um menino tão esperado, tão desejado, fruto de tantas orações e agora, ainda pequenininho, ela mesma o entrega para outra pessoa criar por um único motivo: ser fiel a Deus.

Quantas vezes busca de uma reposta de Deus fazemos promessas que depois nos esquecemos. “Se meu filho mudar eu me comprometo a vir sempre aos cultos”, “Se eu conseguir um emprego vou dizimar corretamente”. Fazemos isso também com as pessoas e vamos nos cobrindo de promessas não cumpridas.

Com Ana aprendemos o valor da fidelidade. Ao entregar seu filho tão esperado para servir a Deus ela é honrada. “O Senhor foi bondoso com Ana; ela engravidou e deu à luz três filhos e duas filhas. Enquanto isso, o menino Samuel crescia na presença do Senhor” 1 Samuel 2:21

Ana experimentou o melhor de Deus porque ofereceu o melhor que tinha. Ana foi fiel em todo o tempo. Que possamos aprender com esta mulher que um caráter fiel é honrado, pois é de grande valor para o Senhor.