Diminuir texto Ampliar texto

Mude de vida, aprenda a confiar em Deus

por Coladorador Central
 
24 de julho de 2018
 

Você já parou para pensar que, frequentemente, quando oramos a Deus, focamos mais em pedir do que em qualquer outra coisa? Estamos constantemente em busca de soluções e queremos que Jesus resolva nossa situação financeira, os problemas no trabalho, com a família e nos dê as coisas das quais acreditamos precisar. Um comportamento assim mostra que colocamos as necessidades humanas em primeiro lugar e é nesse ponto que cometemos um grande erro: queremos ser servidos por Aquele a quem devemos servir.

Fazendo isso, agimos de maneira egoísta e não enxergamos algo fundamental, o sacrifício de Cristo na cruz nos aproximou de Deus não para que possamos garantir a realização dos nossos desejos, mas para que possamos ser salvos e viver os propósitos que Ele determinou para nós. João 6:38-39 diz:

Pois desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas para fazer a vontade daquele que me enviou. E esta é a vontade daquele que me enviou: que eu não perca nenhum dos que ele me deu, mas os ressuscite no último dia.

Aqui vemos claramente qual é o principal objetivo de Jesus em relação a humanidade. Ele veio para nos garantir a oportunidade de viver eternamente ao lado do Senhor e nada que possamos conquistar na vida terrena tem um valor maior que isso. Mas então, quais são as razões por trás de tantos pedidos e de uma ansiedade cada vez maior e mais persistente?

Elas são várias, mas falaremos sobre duas que em muitas ocasiões se destacam. Primeira: vivemos em um mundo superficial e consumista, onde muitas vezes os bens materiais são associados a status sociais e à própria felicidade. Isso causa uma angústia e um cansaço absurdos, já que nos sentimos sempre pressionados a ganhar cada vez mais para, consequentemente, ter cada vez mais. Por isso, se sucumbimos a esse modo de pensar e agir passamos a levar uma carga muito pesada de expectativas e frustrações desnecessárias. Afinal, nosso maior bem é a graça de Deus, seu valor é imensurável e ela não nos custou absolutamente nada. Você já parou para pensar nisso?

A segunda razão diz respeito a nossa falta de confiança no Pai. Filipenses 4:6-7 é, talvez, o texto biblíco mais utilizado para aconselhar as pessoas sobre ansiedade e nos ensina exatamente o que devemos fazer quando nos sentimos assim, veja:

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Cristo Jesus.

Viu só? Quando você apresenta seus pedidos a Deus e confia plenamente nos propósitos D’Ele, uma paz maior até do que o próprio entendimento humano guardará o seu coração e mente garantindo que sim, você pode entregar todos os seus sonhos, projetos e aflições nas mãos do nosso Senhor.

Preocupe-se em adorá-lo, nas suas orações, mostre seu amor, bendiga o nome santo de Jesus e mostre toda a sua gratidão a Ele. Você serve a um Deus soberano e poderoso, ele conhece o seu coração e as escrituras nos dão uma instrução clara sobre qual é a nossa prioridade nesse mundo. Mateus 6:33 diz: “Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas”.