Onde está sua esperança?
10 de janeiro de 2017
espe
Onde está sua esperança?
10 de janeiro de 2017
Por: Thalita Daher

“Nós nos sentíamos como condenados à morte. Mas isso aconteceu para que aprendêssemos a confiar não em nós mesmos e sim em Deus, que ressuscita os mortos.”
(2 Coríntios 1:9 NTLH)

Você já perdeu o controle? Alguma vez sentiu que o roteiro da sua vida não estava sendo seguido? Já teve a impressão que nada estava saindo do jeito que você queria? Pois bem, acontece sempre comigo também. E o melhor é descobrir que ainda bem.

Temos a tendência a querer tudo do nosso jeito, a buscar maneiras de realizar nossas vontades custe o que custar, de dar um jeito pra fazer da nossa maneira.

Vez ou outra nos sentimos como que condenados à morte exatamente por isso: pela necessidade de ter o controle. Isso nos gera uma ansiedade absurda, um peso e inquietação muito grandes. Ficamos sempre com medo de falhar, de não conseguir e de tanto ter medo acabamos não dando conta mesmo.

Eu não sei que tipo de situação que você tem vivenciado, não conheço os desafios que você tem encarado e nem mesmo o motivo que você tem se sentido condenado à morte (pecados, medos, insegurança, violência etc), mas eu posso te garantir que isso tudo tem servido para que você pare de confiar em si mesmo e passe a crer, confiar e depender de Deus.

Por nós mesmos não damos conta, ficamos sobrecarregados, cansados e perdemos as esperanças. Mas Ele, somente Ele, venceu a morte, só Ele ressuscita o que já morreu, só Ele é a própria vida.

Seja qual for a minha situação ou a sua, seja qual for o problema que parece matar o equilíbrio das nossas emoções, nós podemos entregar o controle e confiar Nele.

Ele tem cuidado de nós, Ele manifesta Seu poder, Ele opera, Ele cuida, Ele guarda. Nós só precisamos descansar e confiar. Há mais valor no exercício diário da nossa entrega, daquilo que confiamos a Ele, do que naquilo que lutamos para conquistar. Que hoje seja um dia de entregar e confiar. Que nossa esperança esteja Nele, autor e consumador da nossa fé. Que Ele nos ressuscite!

/comentários