Constante adoração
19 de abril de 2017
dia2
Constante adoração
19 de abril de 2017
Por: Natália Christofari

Deus é o meu rochedo, nele confiarei; o meu escudo, e a força da minha salvação, o meu alto retiro, e o meu refúgio”. II Samuel 22:3-3

Enquanto oro durante a leitura do devocional para escrever este texto, permito minha mente pensar em uma luta profissional da qual passei. Instantaneamente minha oração foi: “Senhor, não quero me prostrar diante desta luta, quero apenas confiar no que o Senhor pode fazer”.

Davi em sua trajetória teve inúmeras circunstâncias impossíveis que o fez estar de joelhos. Seu coração disposto a se arrepender e adorar a Deus nos impressiona e nos faz pedir a Deus um mesmo coração.

Ao ler II Samuel 22 meu coração se encheu de alegria por ter um Deus fiel. A expressão do cântico de Davi demonstra sua fé, adoração e confiança:
– Quando nossos dias são escuros, o senhor é a nossa única luz (21-31)
– Quando nosso andar é fraco, o senhor é a nossa única força (32-40)
– Quando nosso futuro se mostra nebuloso, o Senhor é a nossa única esperança (49-51)

Em Salmos 93 não é diferente, temos mais uma expressão de exaltação a este Deus fiel, majestoso, poderoso e grandioso.
Talvez você precise de uma solução para uma luta impossível aos seus olhos, de adorar a Deus pelas vitórias alcançadas ou apenas confiar em Deus, então adore como Davi.

Compartilho um louvor que foi base para este devocional:
Escudo e proteção | Diante do Trono

/comentários