Vasos de honra
10 de outubro de 2017
honey-honey-jar-honey-for-sale-beekeeper-41958
Vasos de honra
10 de outubro de 2017
Por: Pr. Lauro Cruz

Mas Pedro insistia ainda mais: “Mesmo que seja preciso que eu morra contigo, nunca te negarei”. E todos os outros disseram o mesmo.
Marcos 14:31

Muitas vezes fazemos afirmações que são precipitadas, e acabamos pecando por não observarmos o que realmente estamos falando.

O apóstolo Pedro tinha o cérebro conectado diretamente  com a boca, ou a boca com o cérebro, mas o que sabemos é que no início da sua caminhada com Jesus, ele era impulsivo e muitas vezes falava sem pensar.

O certo é que nem sempre nosso discurso está alinhado com a nosso comportamento, e nem sempre conseguimos pôr em prática nossa vontade.

Pedro estava sendo sincero e honesto em sua declaração, mas isso não se refletiu na sua ação.

O que faltou a Pedro? O que nos falta?

Nos falta acreditar naquilo que Jesus diz, nos falta acreditar na Palavra.

Muitas vezes estamos negando a nós mesmos e quem realmente somos, não conseguimos acreditar que somos capazes de fazer algumas coisas, e acabamos não prestando atenção às advertências que a palavra de Deus traz a nós, e com isso nos pegamos  reproduzindo aquele comportamento que não acreditávamos que seríamos capazes.

A palavra de Deus e o convívio com os irmãos revela quem somos e aquilo que somos capazes de dizer e fazer.
Por mais que doa aquilo que Jesus disse, por mais que incomode a palavra recebida, se deixe tratar.

Jesus precisou voltar até Pedro para tratar esse assunto e finalizá-lo, para que então ele pudesse ser o apóstolo que foi. Se não deixarmos Jesus tratar o nosso eu, jamais poderemos atingir o plano perfeito de Deus para nossa vida.

Não se ofenda con o que Jesus disse a seu respeito, aceite e se exponha, Ele vai te tratar e te transformar em um vaso de honra.

/comentários