Diminuir texto Ampliar texto
 

Destaque Ponte Social Anagé-01O clamor da cidade chegou até nós

Imagine centenas de crianças na cidade de Anagé-BA experimentando uma condição de vida melhor e, ao mesmo tempo, aprendendo mais da Palavra de Deus. Isto é a Ponte Social Anagé, um projeto da Igreja Batista Central de Belo Horizonte realizado em parceria com a ChildFund Brasil que tem como objetivo promover o desenvolvimento pessoal e social de crianças em situação de risco por meio de alternativas sociais.
Para construir essa ponte, a ChildFund Brasil fará a organização e coordenação de programas sociais que serão apoiados pela IBC Anagé. Essa iniciativa irá contribuir ainda para o fortalecimento da comunidade e da própria igreja.

Como posso fazer parte do projeto?

Contribuindo financeiramente com apenas R$57,00 mensais você estará apadrinhando uma criança, com a qual você manterá contato por meio de cartas que, além de gerar um vinculo de afeto, criarão a oportunidade para a transmitir lhe os valores do Reino de Deus. A doação é depositada num fundo coletivo que será revertido em melhorias profundas, sustentáveis e de longo prazo em beneficio da comunidade e da criança apadrinhada.

Como é ser um padrinho?

 Saiba mais sobre Anagé

Em Anagé, no sertão baiano, mais da metade de seus habitantes vivem em condições de extrema pobreza na zona rural. O quadro é de desamparo, devido à falta de recursos básicos disponíveis para a população pobre, como educação, saneamento, tratamento de esgoto.  A seca do clima semiárido está na vida e na alma dos moradores de Anagé, que necessitam matar a sede de cuidados e esperanças.

Dos 21 mil habitantes da cidade, as maiores vítimas da extrema pobreza são 7 mil crianças e adolescentes, que sofrem de privação, exclusão e vulnerabilidade. Com poucas perspectivas para o futuro, cerca de 20% dos que estudam têm reprovação na escola, e a taxa de analfabetismo ultrapassa os 30%, enquanto no Brasil essa taxa é de 8,7%. O Índice de Desenvolvimento Humano da cidade é classificado como muito baixo (0,540), especialmente se comparado ao índice brasileiro (0,744).

Por que é importante?

Somos responsáveis por semear a Palavra de Deus, mostrando o amor de Jesus e assim transformar a sociedade ao nosso redor. A Central iniciou as atividades em Anagé em 2013 ao implantar Células e uma igreja, e agora a Ponte Social vem para expandir a assistência às crianças e suas famílias que tanto sofrem com a seca e falta de planejamento na gestão de recursos.

Você pode ser um agente transformador. Faça parte deste projeto!

Preencha o formulário de apadrinhamento